KPI: a chave para melhorar o desempenho de sua loja virtual

O que você precisa melhorar em sua loja virtual hoje? Qual o problema de seu e-commerce que está lhe roubando as noites de sono? Tráfego baixo, poucas pageviews por visita, taxa de conversão? A boa notícia é que na Internet tudo pode ser monitorado. E você já sabe: o que pode ser monitorado pode ser mensurado e melhorado!

É para isso que servem os KPIs, sigla para Key Performance Indicators ou, no bom português, indicadores de performance. São eles que informarão se sua loja está atingindo os objetivos e metas que você e sua equipe definiram. Estes indicadores podem ser vistos como estágios em direção ao sucesso de seu comércio eletrônico. Deve-se usar as KPIs para todos os índices que envolvem seu site, basta que você defina quais deles você precisa mensurar e melhorar. Aliás, este é o primeiro passo: defina seu objetivo. A partir daí, os dados fornecidos pela prática dos KPIs darão o norte a seu negócio.

Mas vamos aos exemplos práticos!

Se o que a sua loja precisa é aumentar o faturamento, aplique a técnica do KPI para identificar a faixa de horário das vendas, assim como o volume por hora, dia, mês e trimestre, além de fazer um balanço do que foi comercializado durante o ano todo. Outros indicadores chave são a taxa de conversão, o volume de abandono de carrinhos e a relação entre novos clientes e compradores que estão retornando. Monitore também quais produtos são pedidos durante o mesmo acesso, quais deles são colocados no mesmo carrinho e quais mercadorias são visualizadas de maneira mais seguida. E se a sua vontade é aumentar as vendas, verifique sua política de preços e realize promoções!

Já se você quer dar um upgrade no Marketing, os Key Performance Indicators devem ser aplicados a números como tráfego do site, tempo de cada visita, pageviews e faixa de horário mais acessada. Para o mesmo caso, outros quesitos que devem ser levados em consideração são o número de assinantes de sua newsletter e o volume de seguidores em redes sociais como Facebook, Twitter, Pinterest e Instagram. Os indicadores de tráfego de seu blog também não devem ser negligenciados. 

O Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), por exemplo, é outro setor de seu e-commerce que pode ser melhorado com a prática de KPI. Para isso, algumas ações básicas são a contagem de e-mails recebidos com dúvidas e reclamações de clientes, a contabilidade de chamadas telefônicas recebidas e a elaboração de uma média do tempo gasto entre Buma reclamação/solicitação e a resolução do problema.

Enfim, como deu para perceber, os KPIs podem servir de ferramenta para qualquer objetivo dentro de seu e-commerce. Listamos apenas alguns exemplos, mas a estratégia pode ser aplicada a outras questões como Bounce Rate, downloads de conteúdos e aplicativos, compartilhamentos e comentários em social media, etc. 

Procure KPI´s de referência para o seu nicho, pois tão importante quanto monitorar os seus é saber como eles estão frente aos indicadores médios do mercado em geral. Ah, e para finalizar, uma dica simples: faça da prática do KPI um exercício diário! Sucesso também depende de disciplina e insistência.

Boas vendas!

Leia também

Mercado Pet e F1 Commerce: parceria ideal para o seu canal B2B

O mercado Pet é um dos segmentos mais resilientes às crises econômicas. Isso porque os animais de estimação já viraram membros da família e, claro, pelo fato de ser um setor que movimentou mais de US$ 145,8 bilhões em 2020. Mas, como a F1 Commerce pode ser a parceira ideal para o seu canal B2B? […]